médici com cigarro na boca

Economia brasileira cresceu de 7% a 13% na era Médici

Com expansão do setor industrial e das exportações do agronegócio, com geração de milhões de vagas de emprego, a economia brasileira cresceu de 7% a 13% no período que o país era comandado por Emílio Garrastazu Médici (Arena), entre 1969 e 1974. A manchete do Jornal do Brasil, sobre a promessa da volta do regime democrático, estava bem distante (duas décadas depois).

O presidente do período conhecido como ‘milagre econômico’, entretanto, é lembrando pela onda de repressão contra opositores políticos.

Alguns historiadores apontam o período de maior liberdade da atuação dos militares direitistas radicais.