A maior identidade da terra, o nome Piumhi foi oficialmente reconhecido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) com essa grafia somente no final de 1998 — aniversário de 130 anos da cidade —, em trabalho direto do jornal Alto S. Francisco, com equipe encabeçada pelo professor Gilmar Lima.