Connect with us

Religião

Pastor Rubens Ferreira Januário: 7 anos em Piumhi

Published

on

Pastor Rubens Ferreira Januário: 6 anos em Piumhi

A pedido do Museu da Notícia, o pastor Rubens Ferreira Januário, natural de São Paulo (SP), atualmente em Itu, no interior do Estado, relembra a própria punho sua história de 7 anos em Piumhi (MG). Membro ativo da comunidade piumhiense entre janeiro de 2003 e dezembro de 2009, não somente na Igreja Presbiteriana. Ferreira Júnior voltará a residir na região em 2021, agora em Passos (MG), cidade natal dos seus pais.

Confira também galeria de fotos e recortes do jornal Alto S. Francisco passagem do pastor Rubens, gentilmente cedido do seu acervo pessoal.

Honra e dávida

‘Fui para Piumhi residir e trabalhar no início do ano de 2003. Inicialmente residi no Bairro Bela Vista. Trabalhando na Congregação Presbiteriana do Bairro Bela Vista, Congregação do Bairro Nova Esperança e no Projeto Casa Dia e PIC – Projeto de Informática Comunitária. Tive a oportunidade de apoiar o trabalho no Sinhana Eva com a Darci Garcia de Melo.

A Igreja Presbiteriana de Piumhi, neste período, exercia o seu trabalho e cuidado no Templo Central, no Bairro Bela Vista, no Bairro Atalaia, no Bairro Nova Esperança e ainda na cidade de Pimenta e Santo Hilário, distrito do município de Pimenta.

A nossa equipe era composta por dois pastores, Leonildo de Oliveira e Rubens Januário, e dois missionários: Luzimar Jesus Pereira e Edijardes José.
A Igreja Presbiteriana de Piumhi era mantenedora ainda do Colégio Presbiteriano administrado pela Tia Tê e Marli Rosa, e do Projeto Reconstruindo Vidas administrado pela Belinha e Diva Barbosa.

Tive o privilégio de lecionar Filosofia e atualidades para o Ensino Médio no Colégio Presbiteriano fazendo assim vários amigos e amigas.

Fui membro do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente – CMDCA, APAC – Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, apoiava o Conselho Tutelar dos direitos da Criança e Adolescente em algumas ações e visitas preventivas no combate ao uso de drogas e internações.

Fui Chefe Escoteiro no Grupo Escoteiro II Bruno – 130/MG juntamente com o Chefe Nelson Valério e Norma Bruno e palestrante no Projeto Garotos para Paz vinculado a Policia Militar do Estado de Minas Gerais.

Neste período tivemos a oportunidade de manter um diálogo com a Igreja Católica através do padre Jair Aurélio Borges, realizando vários momentos de inauguração e participação em várias ações comunitárias.

A população de Piumhi carinhosamente nos acolheu. Foi uma honra e dádiva divina servir a igreja e a comunidade durante 7 anos (2003-2009). Trago comigo diversas amizades de irmãos e irmãs residentes em Piumhi’.

Continuar Leitura
1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistas

© 2022 Todos os direitos reservados